Dicas de Viagem - fique por dentro


JERUSALÉM - A cidade de Deus - 11/01/2018

As pessoas costumam dizer que não há nenhuma cidade como Jerusalém. Mas o quê faz com que seja assim? Pode ser a sensação, quando anda por estas ruas antigas, de que está andando numa corda bamba entre o céu e a terra?
 
Já há muito tempo se tem dito que Jerusalém tem duas naturezas: a "espiritual" e a "terrena". Algumas vezes os visitantes acham que seus elementos "terrenos" são iguais aos de qualquer outra cidade - talvez ainda mais; pois enquanto você caminha pelas ruas da Cidade Velha, mesmo nos seus locais sagrados, procurando os momentos espirituais que sempre imaginou ter, ocasionalmente você poderá ser empurrado pela multidão, que parece não ter o mínimo respeito pelo seu espaço!
 
Mas é possível que o "respeito pelo espaço" tenha sido inventado em Jerusalém. Pois afinal, Deus disse sobre a cidade: "Aqui estará o meu nome!" (1 Reis 8:29). E você quer vir aqui porque quer estar no local onde a tradição diz que Abraão esteve um momento antes do anjo impedi-lo de sacrificar o seu filho, Isaque. Você quer vir a Jerusalém porque no Monte das Oliveiras você pode ver a cidade estendida a sua frente, flutuando como uma visão inigualável. Você quer estar aqui para descer o Monte das Oliveiras e escutar os ecos das multidões gritando "Hosannah!". Você quer poder sentir a sua fé fortalecer enquanto reza sob as oliveiras antigas no Jardim do Guetsêmani. Você quer estar em Golgotá e contemplar uma tumba vazia. Você quer subir os degraus que levam ao templo que Jesus provavelmente também subiu, e onde Pedro curou um mendigo. Você quer restaurar a sua visão, como o mendigo na Piscina de Siloam, onde todos os dias, sob as hábeis mãos dos arqueólogos, a terra revela as pedras que Jesus conheceu. Você quer celebrar aqui, com o povo judeu, durante as festas bíblicas, a ascensão à Cidade Sagrada – Tabernáculo (Sucót), Páscoa (Pessach) ePentecostes (Shavuót).

Você virá porque quer aprender o que realmente é um "lugar sagrado". É aqui o melhor lugar para você reviver os momentos de quando Jesus andou por estradas como estas, carregando a cruz. Aqui você começa a entender como 2000 anos depois as multidões ainda empurram para ter mais espaço, ainda ignoram as necessidades dos outros – ou se oferecem para ajudar a uma pessoa estranha, transbordando compaixão; os vendedores ainda competem pela sua atenção e o ar está cheio com os aromas de canela, mirra, coentro e sálvia. E é nesse momento que você entende o que é um "local sagrado". 
Porque isto é o que você busca, isto é o que lhe leva a Jerusalém, você verá que quando estiver aqui poderá se mover mais facilmente entre os reinos do mundano e do celestial, e fazer sua, a Cidade Santa.


"

Não há como viver momentos únicos sem sair da rotina.
Viva mais, Viaje mais!